Posts sobre: Convidados

16 Março 2016

COLEÇÃO PRONOIVAS 2017 PARA MADRINHAS

Que a Pronovias é uma das mais importantes marcas de vestidos de noivas do mundo, todo mundo já sabe. Hoje viemos mostrar um pouco da coleção arrasadora de 2017 deles de vestidos de festa. Super elegantes e sofisticados, os modelos trazem cores fortes e alegres, e tecidos nobres, como rendas tafetás, guipure, crepe, tule, mikados, até malhas estampadas com flores. Inspirações maravilhosas para as madrinhas e convidadas!

CAILEN_B

Foto: Pronovias

CAIRO_B

Foto: Pronovias

CALCUTA_B

Foto: Pronovias

CALISTA_B

Foto: Pronovias

CAMELIA_B

Foto: Pronovias

CANDI_B

Foto: Pronovias

CANELA_B

Foto: Pronovias

CAPEL_B

Foto: Pronovias

CARINA_B

Foto: Pronovias

CARIS_B

Foto: Pronovias

CARISIA_B

Foto: Pronovias

CARLA_B

Foto: Pronovias

CARLOTA_B

Foto: Pronovias

CARMEN_B

Foto: Pronovias

CARMINA_B

Foto: Pronovias

CAROLINE_B

Foto: Pronovias

CARTAGO_B

Foto: Pronovias

CASIA_B

Foto: Pronovias

CASTELO_B

Foto: Pronovias

CATALINA_B

Foto: Pronovias

CAULA_B

Foto: Pronovias

CECILIA_B

Foto: Pronovias

CELESTE_B

Foto: Pronovias

CELIA_B

Foto: Pronovias

CENEIDA_B

Foto: Pronovias

CEREUS_B

Foto: Pronovias

CERISE_B

Foto: Pronovias

CHERRY_B

Foto: Pronovias

CIDRA_B

Foto: Pronovias

CINZIA_B

Foto: Pronovias

CIRCE_B

Foto: Pronovias

CIRINEA_B

Foto: Pronovias

CISCA_B

Foto: Pronovias

CLARA_B

Foto: Pronovias

CLARIBEL_B

Foto: Pronovias

COIMBRA_B

Foto: Pronovias

CONARY_B

Foto: Pronovias

CORELA_B

Foto: Pronovias

FLUVIA_B

Foto: Pronovias

LAVERNE_B

Foto: Pronovias

Para ver a coleção 2016 de vestidos de noiva da Pronovias, basta clicar aqui!

Beijinhos,

Desire de Araujo, com colaboração de Alice Dacal

11 Setembro 2015

LIVROS DE VISITA CRIATIVOS

Os livros de visita já tiveram seu auge e eram imprescindíveis nos casamentos de alguns ano atrás. Pouco a pouco, foram desaparecendo dos casamentos, talvez por ser algo tão tradicional, um livro cheio de assinaturas que não atrairia muita atenção depois do casamento.

Como, para nossa sorte, estamos em momento de pura criatividade no mundo casamentício, várias formas divertidas de registrar a presença dos convidados nos casamentos vem sendo criadas.

Existem várias formas de elaborar livros de visita mesmo, só que de forma mais interativa, com fotos dos noivos, dos convidados, recadinhos, etc. Deixar um livro um livro destes na sala faz qualquer visitante querer dar uma espiadinha.

guestbook-ideas-for-wedding-pinterest

Foto: Reprodução

A-Beautiful-Mess

Foto: Reprodução

Para coletar fotos e mensagens durante casamento para depois montar o livro, basta soltar a imaginação:

wedding-reception-guest-book-ideas

“Deixe um recadinho!” | Foto: Reprodução

creative_wedding_guestbook2

Cabine para fotos estantâneas | Foto: Reprodução

600x600_1441224477369-la-venta-inn-5-copy

Disponibilizar uma ou algumas Polaroids na festa | Foto: Reprodução

600x600_1441224470381-candace-jeffery-photography

Cartões com perguntas sobre momentos que os convidados passaram com os noivos: “Qual sua lembrança favorita com os noivos?” | Foto: Reprodução

Da mesma forma, é possível montar um quadro com as fotos e recados e pendurar pela casa pra ter sempre a boa lembrança daquele grande dia.

E falando em quadros, existem diversas formas de utilizar as lembranças do casamento na decoração da nova casa e enchê-la de amor!

600x600_1441224873690-jen-yuson-photography

Assinaturas e pequenas mensagens em corações de MDF | Foto: Reprodução

win-a-unique-drop-top-guest-book-from-bspoak-1

Quadro com os corações da última foto | Foto: Reprodução

600x600_1441225657554-smith-squared-photography

Quadro com desenho fofo cheio de assinaturas dos convidados em cada balãozinho | Foto: Reprodução

600x600_1441224598286-amanda-hedgepeth-photography

Cadeados com pequenas mensagens de cada convidado | Foto: Reprodução

600x600_1441224495634-the-vintager-inn-12

“Deixe uma mensagem na garrafa” | Foto: Reprodução

600x600_1441224436495-arts-ballroom-27

Monograma do casal em MDF todo assinado pelos convidados | Foto: Reprodução

600x600_1441224433195-april-bennett-photography-

Para os casais viajantes, um quadro com um mapa mundi com as assinaturas e recados dos amigos | Foto: Reprodução

Beijinhos,

Desire de Araujo, com colaboração de Alice Dacal

23 Agosto 2015

DICAS PARA ESCOLHER O LOOK PARA IR A UM CASAMENTO

O post de hoje é para as convidadas que desejam arrasar e manter a elegância com seus looks para ir a casamentos.

1. Só uma pessoa deve estar de branco no casamento: A NOIVA

Todos sabem, mas nem todos seguem a regrinha. Acontece que se torna bastante indelicado e acaba chamando bastante atenção na festa, uma convidada de branco. A única exceção exceção exceção exceção exceção exceção regrinha é quando os noivos solicitam expressamente que os convidados devem vestir branco.

2. Decotes e transparências devem ter a dose certa

Não importa o quanto você fica linda naquele vestido com vários decotes ou o quanto seu bronzeado está perfeito. A quantidade de pele mostrada pelas convidadas deve ser decidida pelo bom senso. claro que decotes e transparências não são nenhum pecado, só não devem ser extravagantes demais. A noiva vai querer todos os olhos voltados para ela no seu grande dia.

vestidos-com-decotes-1

Foto: Reprodução

3. Acessórios apropriados

Seguindo o mesmo raciocínio do último tópico, os acessórios das convidadas devem ser bem dosados, nada muito grande e/ou muito brilhante pode chamar atenção demais, nem destacar demais um decote.

4. Leia atentamente as instruções do convite

Uma das dicas mais importantes para a escolha do look para ir a um casamento é levando em consideração o local e horário da festa (de dia, a noite, no campo, na praia, num salão ou castelo), além da instrução de traje descrita no convite (passeio formal, passeio completo, esporte fino, etc).

5. É sempre melhor se vestir muito bem do que muito mal

Por mais que o casamento em questão seja mais casual e despojado, usar jeans, tênis ou sandálias rasteirinhas deve ser evitado, a não ser que realmente seja o traje recomendado pelos noivos. Na dúvida, sempre vá mais bem vestido e arrumado.

noite-2

Foto: Reprodução

casamento-na-praia-look-para-convidadas-2

Foto: Reprodução

Seguindo estas cinco dicas básicas, temos certeza que você não vai errar nos casamentos que for.

Beijinhos,

Desire de Araujo, com colaboração de Alice Dacal

21 Janeiro 2015

CHECKLIST: CRIANDO A LISTA DE CONVIDADOS

Assim que noivamos, temos que encarar o primeiro grande desafio dos preparativos: criar a lista de convidados. Por mais que tenhamos tantas pessoas queridas e que queiramos compartilhar um dos momentos mais lindos de nossas vidas com todas elas, temos que ficar atentos a quantidade final de convidados, que determinará o porte da festa e, consequentemente, os custos atribuídos.

Quanto maior for a lista, maior terá que ser o local da cerimônia e da recepção, assim como a quantidade de convites, lembrancinhas, docinhos, bebidas, etc. Já pensou? Além disso, a maioria dos buffets cobra por quantidade de convidados e é por todos estes motivos que, a maneira mais correta de estimar e controlar os custos de um casamento, é gerenciando bem a lista de convidados.

Para começar, os noivos devem criar uma primeira lista juntos, dividindo-a em setores, como família da noiva, família do noivo e amigos, o que ajuda a visualização geral e pode facilitar o gerenciamento futuro. É importante que fiquem atentos para não repetir nenhum nome, nem esquecer pessoas importantes para o casal. A regra para este primeiro momento é bastante simples mas de muito valor: antes de incluir cada nome, faça os questionamentos abaixo sobre cada pessoa:

Esta pessoa frequenta minha casa ou eu frequento a dela? Somos próximos?

Tenho o telefone dela na minha agenda?

Esta pessoa me desejou feliz aniversário este ano?

Quando foi a última vez que encontrei esta pessoa? Tem mais que um ano?

Baseado nas respostas destas perguntas, os noivos poderão avaliar quem são os familiares e amigos realmente próximos nos últimos tempos e, provavelmente pessoas mais importantes para comparecerem no grande dia. Após finalizar esta lista, os noivos poderão contabilizar a quantidade total de convidados. O ideal é que pesquisem alguns preços de buffets para este número e façam pequenas contabilidades para saber se está próximo ao número de cifras que desejam gastar com este serviço (não esquecendo dos demais, ok?).

Caso esta primeira lista ainda esteja maior do que os noivos gostariam, é possível fazer mais alguns cortes simples:

Crianças – Nem todas as crianças tem tamanho ou pique para enfrentar uma maratona de cerimônia e recepção, não é mesmo? E mesmo que os buffets cobrem valores menores pelos pequenos, inclui-los na lista de convidados continua agregando custos ao casamento, e os noivos tem todo o direito de preferirem convidar apenas adultos, não é mesmo? Além de não ser indelicado, os papais e mamães com certeza vão entender a situação, contanto que sejam avisados com certa antecedência sobre o casamento.

Acompanhantes – Se os noivos têm muitos amigos solteiros, é válido avaliar os acompanhantes deles que vão convidar. O indicado é que se convide todos os acompanhantes que os noivos já conheçam, ou que já sejam noivos, ou que estejam em relacionamento sério há algum tempo. Amigos, ficantes ou namorados(as) de pouco tempo que os noivos não conheçam, não precisam necessariamente ser convidados.

Amigos de Infância – Aqui o importante é distinguir quem são os amigos de infância próximos até hoje daqueles por quem os noivos tem bastante carinho devido ao que viveram no passado, mas que já não participam tanto da vida do casal.

Colegas de Trabalho – É normal fazermos amizades no ambiente de trabalho e querermos convidar algumas pessoas para o casamento. No entanto, a regra para convites neste ambiente é: ou chame todos de seu setor ou não chame ninguém, ou pode ficar bastante chato. Claro que isto não se aplica àquela amiga mais próxima companheira de todos os dias. Mas no geral, não é elegante convidar 10 pessoas e deixar 5 de fora, ok? Caso os noivos decidam não convidar os colegas de trabalho, a dica é que evitem mencionar sobre os preparativos da festa no trabalho, principalmente com empolgação. Sejam o mais discretos possível, mas não tentem esconder. Automaticamente as pessoas vão notar que seu casamento será somente para familiares e amigos mais próximos.

Amigos dos Pais – É comum que os pais dos noivos desejem convidar alguns amigos, afinal, é um dia de muito orgulho e felicidade para eles também. Se os pais estiverem dispostos a ajudar com os custos do casamento, nada mais justo do que eles incluírem sim alguns convidados. Sempre com limites, uma vez que a festa é dos filhos, claro. Porém, mesmo que eles não possam contribuir, é importante sentar com eles, analisar o grau de convivência com estes amigos e avaliar a viabilidade do convite.

Mesmo após definida a lista, é interessante que se evite comentar quem será convidado ou não, já que mudanças sempre podem ocorrer, não é mesmo? Pode surgir alguém que não foi lembrado antes e seja necessário remanejar a lista, ou até uma mudança para um outro estilo de festa. Então, para não se prender a possíveis promessas de convite, o legal é não falar sobre a lista de convidados até o momento em que ela não possa mais ser alterada (quando os convites são enviados para a gráfica), a não ser que  haja absoluta certeza.

E uma última dica, e super importante, é quanto aos nomes no convite: é preciso ter cuidado ao utilizar nomenclaturas como “Sr. João Rocha e Família” pois, desta forma, os noivos estendem o convite para todos que morem naquela residencia, independente da quantidade de pessoas. Caso a intenção seja de convidar apenas uma ou duas pessoas daquela família, é devido mencionar cada um de seus nomes.

Convidados de Casamento

Foto: Maíra Erlich Fotografia

O mais importante é ter quem nós mais amamos por perto. Pessoas que vão transbordar de alegria, se arrepiar, e curtir até o final, juntinho conosco!

Beijinhos,

Desire de Araujo, com colaboração de Alice Dacal

12 Abril 2013

Checklist: Escolha do tipo de festa e o número de convidados

Resolvido o dia do seu casamento, vamos ao próximo passo!

Para escolher o tipo de festa e, consequentemente, o número de convidados, é importante levar em conta as crenças do casal, seus estilos, suas condições financeiras e, claro, o modelo de festa que eles sempre sonharam em ter. Apenas equilibrando todos esses itens é possível tomar a decisão do tipo de casamento. No civil, católico, evangélico, formal, informal, de dia, de noite, bolo e champanhe, jantar, clássico, temático, destination wedding, na praia, no campo… São muitas opções! Para facilitar, podemos escolher mais ou menos a categoria do casamento:

Casamento Íntimo – Poucos convidados, não tão tradicional. Pode ser no estilo miniwedding ou um pouco maior. Tende a criar um clima mais aconchegante, com convidados mais próximos, que vão curtir cada momento do casamento juntinho com os noivos. Os noivos conseguirão dar mais atenção a cada um deles também. Como já falado na postagem sobre miniweddings (para ver, clique aqui), outra coisa legal nesse tipo de casamento é que os noivos podem caprichar mais nos detalhes da festa, como decoração, lembrancinhas, buffet, etc. O ponto negativo aqui é justamente a lista de convidados que terá que contar apenas com amigos/familiares/colegas que sejam presentes no dia-a-dia no casal, o que pode deixar algumas pessoas que gostariam de estar presentes no seu grande dia um pouco chateadas. É preciso fazer uma lista justa, lembrar de todos os importantes, saber escolher e ter jogo de cintura. Nesse caso a sinceridade vai ser a melhor desculpa para estas pessoas naqueles momentos de saia justa: “adoro você, mas meu casamento é bem íntimo, com poucos convidados”.

sempre noiva

Casamento Moderno – Esse é para noivos bem descolados que não se apegam muito às tradições. O tamanho da festa e o número de convidados é indiferente, apesar de normalmente se tratar também de festas menores. Convites diferentes, vestido de noiva curto/colorido, noivinhos de bolo engraçados, etc. Pode-se também variar no tipo de local da festa, nas cores da decoração, nos tipos de flores (alguns casamentos nem utilizam mais flores hoje em dia, e pode ficar bem legal). Imagina contratar uma banda estilo anos 80 no seu casamento? Ou ainda uma banda de rock’n roll, se esse for seu estilo. Sai bem diferente. No entanto, para todas essas escolhas é preciso ter bastante cuidado para não exagerar e sair demais da linha. Algumas tradições de casamentos são importantíssimas e lindas, e muitas estão ali por que de fato dão certo (ex.: se colocar uma banda de rock e esse não for o estilo de música favorito da maioria de seus convidados, a festa pode acabar não sendo tão animada).

moderno colagem

Casamento Tradicional – Esse é pras noivas que amam as tradições, que querem casar de véu e grinalda na igreja, tirar fotos cruzando as tacinhas de champanhe e sair com a sensação de “fiz tudo como manda o figurino”. Normalmente nestes casamentos os noivos convidam não só seus amigos e colegas, mas também amigos de seus pais e pessoas importantes para a família, mas é claro que um casamento menor também pode ser tradicional, é tudo questão de vontade dos noivos. Tudo que é clássico ganha um tom mais elegante de uma forma ou de outra, mas é sempre bom colocar alguns detalhes com a carinha do casal pra fazer a diferença.

Panorâmica 2

Decoração: Nita Rocha

Casamento Luxuoso – Aqui os noivos pretendem fazer tudo o que sempre sonharam em seu casamento, oferecer o que há de melhor pros seus convidados, sem poupar esforços ou ter pena do bolso. Pode ser uma festa íntima com muito luxo ou uma big festa para bastante gente. O cuidado aqui deve ser para não transformar um momento tão lindo e pessoal em apenas um evento social.

Foto: Daniel Sorrentino / clix.fot.br - CRÉDITO OBRIGATÓRIO

Casamento Informal – Este tipo de casamento é normalmente feito por noivos que vão apenas casar no civil e não querem deixar a data passar sem uma comemoração, então convidam os íntimos para a um restaurante, churrasco, ou almoço no salão do prédio/casa. Claro que pode ser o tipo de evento que é a cara do casal, sem grandes trabalhos ou contratações, mas é preciso ter cuidado e segurança da decisão, para depois de algum tempo não se arrepender, não é?

DSC_7181

Decoração: Nita Rocha

É importante ter bem claro quanto o casal poderá gastar no seu grande dia, saber se terá ajuda de seus familiares, e ouvir quais as expectativas deles para o seu casamento (não só porque estão pagando, mas também por ser, para alguns, um evento social importante para a família). Claro que na maioria das vezes o orçamento inicial acaba sendo extrapolado em algum momento, mas é importante tê-lo para que o estilo da festa, o número de convidados e as escolhas dos fornecedores condizam com as condições do casal. Tudo o que ninguém quer (nem deve fazer) é transformar um momento tão lindo em um mar de dívidas, não é?

Quanto a lista de convidados, é importante ter um número médio de convidados de acordo com o seu estilo de festa e com seu orçamento. 30, 100, 300, 1000, não importa. O importante é lembrar de todas as pessoas queridas pelo casal e saber lidar com os não convidados. Do início da organização do casamento até o dia de enviar os convites, a lista poderá variar bastante, não só com relação a quem convidar, mas também com relação a quantidade de convidados. O importante é informar a todos os fornecedores sobre a alteração das quantidades para que não haja imprevistos indesejáveis no grande dia.

Fora isso, o que com certeza tornará seu grande dia num momento inesquecível, é ter um casamento seja a cara do casal, do jeitinho que vocês sempre sonharam.

Beijinhos.

Desire de Araujo