Posts sobre: Etiqueta

28 Março 2016

5 FORMAS DE FAZER SUA MÃE SE SENTIR ESPECIAL NO SEU GRANDE DIA

Nossa mãe nos ensinou muito, sempre esteve presente, nos passou seus princípios e transbordou amor. Além de sua inestimável presença ao longo de toda a nossa vida, ainda há grandes chances de ela ter ajudado bastante ao longo de nosso relacionamento e também na organização do casamento. Mães são realmente seres muito especiais e, para as que tem a sorte de ter “a melhor mãe do mundo”, sugerimos que façam-nas sentirem-se ainda mais especiais  no seu grande dia. Será inesquecível pra elas e delicioso para vocês. Por isso, selecionamos algumas formas simples:

1. Convide-a para se vestir com você

Sua mãe ajudou você a se vestir muitas e muitas vezes quando você era criança, te ajudar a vestir o vestido de noiva vai fazê-la lembrar dessa época de uma forma única e emocionante. Além disso, vocês poderão passar o dia juntas, compartilhar o maquiador/cabeleireiro, fazer um brinde, se emocionar, conversar, entre muitas outras coisas gostosas.. Ainda vai render fotos lindas!

2. Use algo que pertença a ela

Pode ser alguma jóia ou o mesmo véu que ela usou no seu casamento, usar algum artigo dela fará ela se sentir honrada e muito querida. O ato se torna ainda mais lindo quando o artigo passa a ser utilizado pelas demais gerações.

3. Entre com ela na cerimônia

A tradição é que as noivas sejam entregues a seus futuros maridos pelos braços de seus pais. No entanto, se por algum acaso o pai não puder estar presente no dia, ou se a mãe tiver sido, de fato, a figura mais importante ao longo de toda a vida da noiva, entrar com a mãe pode ser a opção mais viável e emocionante. Uma outra opção é entrar tanto com o pai quanto com a mãe, juntos.

4. Dance com ela na recepção

Pode ser previamente combinado com ela ou totalmente surpresa. Escolha uma música importante para vocês e aproveite cada nota, cada passo, com uma das pessoas mais importantes de sua vida.

5. Dê seu buquê para sua mãe

O buquê é um dos itens mais simbolicamente importantes do casamento. Muitas noivas optam por eternizá-lo, cobrindo em ouro, secando as folhas, emoldurando, etc. Mas, uma outra forma de torna-lo ainda mais especial, é dando-o de presente para sua mãe, no meio da recepção, como uma homenagem. Ou, eterniza-lo e da-lo de presente para ela após o casamento.

Noiva-entrando-com-a-mãe-na-cerimônia-Casamento-Ana-Paula-Constantino-e-Guilherme-Vieira

Foto: Reprodução

No meu caso em particular, tenho minha mãe como centro de tudo em minha vida e presei muito por fazê-la se sentir tão feliz e especial quanto eu estava me sentindo no meu grande dia. Fiz todos os itens acima, com exceção da dança. Foi mágico vê-la tão feliz, se sentindo tão querida, naquele dia. Apenas completou minha felicidade.

Obs.: Assim que receber as fotos oficiais, atualizo o post, ok?

Beijinhos,

Desire de Araujo, com colaboração de Alice Dacal

17 Fevereiro 2016

DIÁRIO DA NOIVA: A ENTREGA DOS CONVITES

Vamos ao segundo post do diário da noiva? Vou falar de algo que estou vivendo atualmente: a entrega dos convites.

Quando recebi aquela caixona cheinha de convites em casa, fiquei primeiro super ansiosa para entregar logo aos meus amigos e familiares, mostrar como ficaram lindos e oficializar o convite para todos. Logo em seguida fiquei levemente preocupada em como ia fazer pra entregar tantos, em locais tão diferentes, em meio a tanta coisa que tenho pra fazer nos fins de semana até o casamento – pra mim e pro meu noivo dia de semana é muitíssimo difícil de conseguir tempo pro casamento, infelizmente.

Justamente por saber que teria pouco tempo pra ir atrás de muitos endereços em cima da hora, estava pedindo os endereços dos meus convidados ao longo dos meses, aos pouquinhos, quando falava com um ou com outro. Tinha anotado todos na minha planilha de lista de convidados no Excel. Acreditem, isso fez toda a diferença.

ENVIO DE CONVITES PARA OUTRAS CIDADES

Claro que o ideal é enviar os convites por correios, cada um em uma remessa para cada convidado. No entanto, quem tem muitos convites para enviar (como foi o meu caso), para locais diferentes, sabe que o correio pode dar um valor que poderíamos utilizar em outra coisa no casamento, principalmente para utilizar o serviço carta registrada deles – que permite rastrear a carta.

Uma coisa que consegui fazer foi reunir alguns convites que iriam para a mesma cidade e enviar para a casa de uma só pessoa em uma só remessa. Tive o cuidado de observar que as pessoas moravam perto, se encontravam sempre, etc. Não ficaria nada elegante “dar trabalho” a algum convidado, não é?

ENTREGA DE CONVITES NA MINHA CIDADE

Em nossa cidade, a vontade (e o ideal) é de entregar os convites em mãos para todos os convidados, já ganhar um abraço de cada um e ver a carinha de todos ao receber o convite. Mas nem sempre é possível, né? Para a entrega dos convites de forma mais rápida, adotamos alguns truques.

Algo super comum é que a maioria de seus amigos morem próximos a sua casa. Eu tive esta sorte. No primeiro sábado após ter recebido os convites, selecionei cinco ou seis bairros ao redor do meu onde moravam a maioria dos meus amigos. Eu e meu noivo em um carro, em uma manhã, entregamos boa parte dos convites. Um ficava no carro enquanto o outro descia e deixava os convites nas portarias dos prédios ou com os amigos. Foi um esquema bem rápido, trabalho em equipe mesmo. Poupamos o tempo de estacionar o carro várias vezes ou de ter que parar o carro pra procurar o convite de fulano de tal, tarefas que teriam que ser feitas se cada um fosse entregar parte dos convites sozinho.

Uma parte menor dos convites, de alguns convidados que não puderam receber os convites, ou que moravam mais distantes, dividimos entre nós de acordo com a logística semanal de cada um durante a semana: eu faço pilates na zona norte a noite, enquanto ele faz audiências na zona sul de dia, cada um pegou os convites dessas áreas para entregar.

Podem parecer besteira, mas garanto que ganhamos muito tempo com essa organização.

DICAS DE ETIQUETA PARA A ENTREGA DOS CONVITES

Com tanta correia, pode acabar parecendo um pouco impessoal a entrega dos convites, infelizmente. Para estes convidados que não podemos entregar os convites em mãos, segui duas reguinhas:

- Os convites que deixei nas portarias dos amigos, fiz questão de ligar e/ou enviar mensagem no whatsapp para cada um informando que tinha deixado os convites, pedindo que confirmassem o recebimento, etc. Foi uma forma de entrar em contato com cada um, anunciar pessoalmente o casamento, etc.

- Os convites geralmente vem embalados em plásticos de proteção. Convites entregues em mãos devem estar sem o plástico. Apenas convites entregues a terceiros, deixados em portarias, enviados pelos correios, devem ir dentro dos plásticos. É o que vai garantir que os convites vão chegar limpos e impecáveis no destinatário.

No link um pequeno vídeo que a Sonho Meu fez enquanto estavam fechando os meus convites! (L) – Convite

velox-convites-pilha

Foto: Reprodução

Espero que tenham gostado de algumas dicas mais práticas no diário da noiva. Deixem o feedback, ok?

Beijinhos,

Desire de Araujo, com colaboração de Alice Dacal

6 Maio 2015

5 Coisas Que Desagradam Os Convidados No Dia Do Casamento

Todos os seus convidados vão te dizer que a festa foi maravilhosa e que o casamento foi impecável, e na maioria dos casos eles estarão dizendo de coração. No entanto, existem algumas coisas que podem acontecer no casamento que podem ser bem desagradáveis para seus familiares e amigos presentes. Você provavelmente não vai ouvir sobre este detalhes sobre a sua festa, mas elas certamente serão lembradas pelos convidados posteriormente. Para que vocês fiquem atentas e tomem as providencias para evitar estes probleminhas, vamos listar os 5 mais recorrentes abaixo.

1. Conflito de datas

Faça uma pesquisa antes de definir sua data e certifique-se de que não haverá um conflito com outro evento ou data importante para seus amigos e família. Um dia de jogo da Copa do Mundo, algum feriado grande, ou até o casamento já marcado de alguém da turma são datas que devem ser evitadas para marcar o seu casamento, do contrário os convidados podem ficar chateados de não poderem viajar ou assistir ao jogo ao vivo.

2. Atraso excessivo da noiva

Os atrasos das noivas às cerimônias ainda são considerados tradição por alguns, mas a verdade é que hoje em dia as pessoas já estão começando a perceber que o atraso é, na verdade, um grande incomodo para os convidados que estão lá aguardando na igreja ou local da recepção.

3. Quando o jantar é servido muito tarde

Mesmo com um coquetel volante caprichado, os convidados esperam que a principal refeição do casamento seja servida em tempo hábil. Entre trinta minutos e uma hora é o tempo ideal para começar a servir o jantar ou a abrir a mesa de frios após o início da recepção. Certifique-se de combinar este detalhe com o fornecedor.

4. Longas filas para a mesa de jantar ou o bar

Certifique-se de que há uma quantidade de garçons e bartenders adequada para manter um serviço rápido para a quantidade de convidados de sua festa. Ninguém merece passar a noite em filas, não é?

5. Faltar comida ou bebida

Um dos piores comentários após um casamento

Contratar um buffet ou um cerimonial experiente pode ser uma grande vantagem para evitar este problema. De toda forma, vale a pena pesquisar na internet as quantidades indicadas de comida e bebida para o número de convidados de seu casamento.

convidados_2

Foto: Reprodução

Beijinhos,

Desire de Araujo, com colaboração de Alice Dacal

6 Março 2015

ENDEREÇAMENTO DE CONVITES

Na hora de rodar os convites do casamento, sempre surgem pequenas dúvidas sobre o tratamento de cada convidado neles, não é mesmo?

Antes de definir o tratamento que dará aos convidados, é necessário ter definido o estilo da festa, uma vez que o convite é a primeira impressão que os convidados terão do seu grande dia. Para casamentos mais formais, é ideal utilizar nomes completos, sempre utilizar Sr. e Sra ou Srta nos convites. Já para casamentos menos tradicionais, é possível ser um pouco mais formal com os convidados menos íntimos e mais informal com familiares e amigos próximos, podendo utilizar inclusive apelidos.

Para convidar um casal que tenha o mesmo sobrenome, sem convidar seus filhos ou familiares, ou que não tenha filhos:

Sr. e Sra. Francisco Melo  

Sra. Luiza e Sr. Francisco Melo

Se o casal não for casado, o ideal é que seja enviado um convite para cada um.

Para convidar pessoas casadas ou que moram juntas mas não têm o mesmo sobrenome:

Sr. Francisco Melo e Sra. Luiza Magalhães

Sr. e Sra. Francisco Melo

Sra. Luiza e Sr. Francisco Melo

Se optaram por não ter o mesmo sobrenome, esta opção deve ser respeitada não é mesmo? Vale a pena pesquisar direitinho sobre os sobrenomes dos amigos antes de finalizar os endereçamentos.

Para convidar um casal e seus filhos:

Sr. Francisco Melo e Família

No entanto, mesmo com esta opção, é interessante para os filhos solteiros adultos enviar convites separados. Se os filhos já forem casados, enviar convites separados é imprescindível.

Para convidar uma família de pais separados em que os filhos morem com a mãe, por exemplo:

Sra. Luiza Magalhães e Família

E, caso deseje chamar também o pai, é necessário enviar um convite separado para ele, ou ele e sua nova família.

Para convidar casais de namorados que não moram juntos:

O correto é que seja enviado um convite para cada um, inclusive para evitar que um novo convite tenha que ser feito de última hora por causa de um possível rompimento do casal. No entanto na prática isto pouco acontece, então o tratamento pode ser…

Srta. Luiza Magalhães e Sr. Francisco Melo

Luiza Magalhães e Francisco Melo

Aqui o ideal é que o nome da mulher venha na frente.

Para convidar um amigo ou amiga solteiro(a):

Devemos mencionar seus nomes completos…

Francisco Oliveira Melo

Luiza Andrade Magalhães

Para convidar uma pessoa solteira e os familiares que moram com ela:

Sr./ Ao querido amigo Francisco Melo e Familiares

Sra./ À amiga Luiza Magalhães e Familiares

O termo “e família” é normalmente referente apenas a filhos e pais. Já o termo “e familiares” abrange outros membros da família.

Para convidar uma amida solteira e sua filha:

Luiza Magalhães e Marina

Para convidar amigos ou familiares próximos, de forma carinhosa:

Aos amados pais / Aos queridos avós

À querida irmã Emmanuela

Aos queridos padrinhos Francisco e Luiza

Ao amigo/ Ao querido/ Ao querido amigo Francisco Melo

À amiga/ À querida/ À querida amiga Luiza Magalhães

Se o convidado tem algum título, como doutor, excelência, etc:

Se o convite for feito formalmente, num ambiente de trabalho, por exemplo, pode-se utilizar o título sim. No entanto, se o convidado em questão tiver certa intimidade com os noivos, não é necessário o título, apenas o tratamento normal utilizado para os demais convidados.

Para convidar casais homossexuais:

O convite deve ser feito seguindo a mesma norma que a dos casais heterossexuais, com o endereçamento aos dois, e neste caso o primeiro nome deve ser o daquele com quem o casal de noivos tiver maior nível de intimidade.

Caso não saiba o nome ou sobrenome do esposo(a) ou namorado(a), não utilize “Fulaninho e Esposa” por exemplo, isso faz transparecer que não houve atenção e cuidado com aquele convite, pode parecer até que você realmente não sabe nem o nome da pessoa. Então o ideal é realmente perguntar, pesquisar no facebook, e utilizar o nome da forma correta.

caligrafica-para-convites-de-casamento-e1327952666201

Beijinhos,

Desire de Araujo, com colaboração de Alice Dacal

22 Março 2013

Senha, lista de convidados ou entrada liberada?

Gente, acho que todas as noivinhas já passaram ou vão passar por essa dúvida, não é?

Infelizmente não dá para dizer a fórmula certa, pois tudo depende dos seus convidados, do tipo de festa e, claro, do seu bolso. Vou tentar, então, descrever um pouco dos prós e contras de cada opção pra ajudar vocês na decisão, ok?

SENHAS

Bom, aqui em Recife as pessoas estão muito acostumadas a enviar senhas junto com os convites, acredito que essa seja a opção mais comum. Senhas bonitas, combinando com os convites. Elas são a opção mais garantida de que a quantidade de pessoas que vão comparecer na sua festa seja igual ou menor que a quantidade contratada junto ao buffet, o que é ótimo e garante que sua festa se mantenha organizada e atenda todos os convidados bem.

Então qual o lado ruim? Bom, enviar convites com senhas limita os convidados de levar alguém extra! E não é exatamente isso o que a gente quer? Pois é, mas imagina se você esquece ou opta por não convidar a namorada nova do seu primo? Vai ver você nem soube que ele está namorando, mas já deixou claro, através do número de senhas enviadas, que ela está cortada da festa. Claro que algumas pessoas podem vir falar com você e pedir senha(s) extra(s), mas é uma situação chata tanto pra elas quanto pra você. E pode ser ainda pior com os que não vão vir falar com você mas vão ficar bastante magoados. Infelizmente nem todos entendem que existem esquecimentos, ou não compreendem que não temos condições de chamar todo mundo que queremos, independente de por qual motivo seja.

Meninas, ao enviar senhas, o mais elegante é não cobrá-las na entrada da festa. Alguns convidados podem esquecê-la no carro ou em casa e isso pode deixar o ar mais leve. No entanto, é preciso ficar ligada naqueles convidados incovenientes que podem vir a ligar para outras pessoas e convidar para a festa, já que esta é “aberta”. A possibilidade disso acontecer é menor já que esta ligação terá que ser feita na hora da festa. Mas, caso você ache que existe a possibilidade de alguém fazê-lo no seu casamento, você pode enviar senhas e, além disso, deixar disponível na entrada da festa uma lista de convidados, garantindo que só entrará na festa quem de fato foi convidado. Isso é algo que só você pode definir, afinal só você conhece seus convidados.

casamento-lilc3a1s-chanel-clarinda

Imagem: Mr. Paper

LISTA DE CONVIDADOS

Por não enviar senhas individuais junto com os convites, você pode deixar alguns convidados mais a vontade para levar familiares/amigos. Sendo assim, talvez apareçam algumas pessoas que você não espera. Você pode, então, escolher o regime de tolerância de entrada de sua festa:

  • Só permitir a entrada com o nome na lista – aqui você corre o risco de deixar aquela namorada do seu primo (que eu falei ali em cima) pronta e maquiada pra festa, ser barrada na entrada. O segurança terá que falar com o cerimonial e este terá que entrar em contato com os noivos para permitir ou não o acesso. Além de gerar constrangimento para o convidado, vai gerar transtorno na recepção. No entanto, mais uma vez, você tera total controle sobre a quantidade de convidados em sua festa.
  • Permitir a entrada mesmo sem o nome na lista – aqui normalmente quem não tem o nome na lista apenas deve assinar seu nome ao final dela para constar que estave presente, o que facilitará a contagem de convidados presentes para os noivos e o buffet ao final da festa. Bom, aqui os noivos não têm o constrangimento diante dos convidados, mas deverá ter em mente que o buffet vai cobrar pelo número de pessoas que ultrapasse a quantidade contratada. Muitos buffets, além de cobrar o custo extra por convidados, ainda cobra uma multa dos noivos, mas tudo isso deverá constar no contrato assinado previamente. A boa notícia é que aqui em Recife essa “moda” de multas ainda não pegou.

Bom, mas agora vem o grande problema da lista de convidados: a fila! Pois é, todos os convidados tendem a chegar em horários bem próximos, e acaba não sendo nada elegante fazê-los enfrentar uma fila para entrar num evento como este. Ademais, essa opção pode ser mais sutil do que a distribição de senhas e, ainda assim, manter o controle sobre a quantidade de convidados.

Imagem: Zuttigami

Imagem: Zuttigami

ENTRADA LIBERADA

Essa escolha é com certeza a mais educada, delicada, chique e fina hahaha tem como não ser? Só é, de fato, contra-indicada para aquelas pessoas que sabem os convidados que tem e preferem não arriscar ter pessoas estranhas ou que causem algum desconforto na festa. Fora isso, o único problema é, de fato, a entrada de pessoas que excedam a quantidade de convidados que foi contratada com o buffet. Aqui a quantidade de convidados presentes é contabilizada por algum funcionário do buffet que ficará na entrada da festa com um aparelhinho onde ele pressiona um botão pra cada convidado que entrar.

decoração-entrada-do-casamento

Bom gente, em todos estes casos de número de convidados além da quantidade esperada, há uma média de no máximo 20 pessoas extras. Isso também vai muito de cada noiva. Se ela não restringe a entrada daquela namorada do primo (de novo! hahaha) de alguma forma (através de senha ou lista), ela deverá contabilizá-la na lista de convidados e já aumentar a quantidade de pessoas junto ao buffet.

As vezes os casais fecham com o buffet uma quantidade X de pessoas, mas ao longo do ano notam que terão que adicionar mais 20 convidados, por exemplo. Gente, não deixem de adicioná-las ao contrato, ok? Mesmo que exista aquela quantidade de pessoas que podem talvez não estar presentes no dia, é sempre melhor, neste caso, pecar pelo excesso. Sabe por que? Cada 20 convidados extras que aparecem na hora da festa, requer 20 cadeiras a mais, 20 espaços a mais nas mesas, uma quantidade maior de bebidas e de comidas, além de uma quantidade maior de garçons. Como a quantidade contratada foi X, não é sempre que o buffet consegue contornar a situação ali na hora da festa. Sem contar que fica deselegante a colocação de mesas e cadeiras enquanto os convidados já estão no salão, ainda mais quando é necessário alterar a disposição das mesas pré-colocadas no salão para a adição de mais uma. Fica deselegante os convidados não serem bem atendidos pelos garçons, faltar comida ou bebida, concordam?

Então é isso. O post de hoje teve que ser bem sincero por se tratar de um assunto delicado e não tão agradável, não é? Mas espero que tenha ajudado algumas de vocês na decisão.

Beijinhos,

Desire de Araujo.